Recentes



Nº234 15-04-2018

Anteriores

Nº234 - 15-04-2018

NA BARCA DA FÉ

 

FÉ: RESPOSTA LIVRE A UMA CHAMADA

O Evangelho deste Domingo (Lc 24, 35-48) descreve-nos o caminho percorrido pelos Apóstolos para chegar à certeza de que Cristo entrou na vida de Deus. É o caminho que cada um de nós deve fazer para aceitar que a morte é um ventre vazio e que o Ressuscitado continua a viver ao nosso lado. Desta fé nasce a conversão, o perdão dos pecados e a vida nova.

Nunca nos perguntámos porque é que Cristo não apareceu aos sumo sacerdotes, a Pilatos, aos soldados que o crucificaram, para lhes dizer:

“Eis-me aqui, estou vivo!”? E, no entanto, esta teria sido a melhor maneira para eliminar duma vez e para sempre, todas as dúvidas.

Deus não faz isto, porque a fé é incompatível com as provas e com as demonstrações. Não podemos dizer: “creio que o sol existe, porque vemos a sua luz e lhe sentimos o calor”. A fé não é uma rendição perante a evidência, mas uma resposta livre a uma chamada. Há sempre boas razões para a recusar e o facto de haver ateus é a prova de que Deus age sempre de maneira muito discreta, não Se impõe, não causa violência a ninguém.

O caminho espiritual dos Apóstolos é a imagem do que cada um de nós deve fazer para chegar à fé. Como eles, também nós, entre tantas dúvidas, incertezas e medos, podemos “ver” Jesus Ressuscitado (de modo diverso, mas não menos real). Sempre que nos reunimos em comunidade, sempre que escutamos a Sua Palavra, Ele está no meio de nós. E, pouco a pouco, abrem-se-nos os olhos e descobrimos que quem morre, como Ele, também com Ele entra na vida plena de Deus.

O vosso Pároco, 

Padre Mário Faria Silva



VIVER A PALAVRA - DOMINGO III DA PÁSCOA – Ano B

LEITURA I – Atos 3, 13-15. 17-19; SALMO – Salmo 4, 2. 4. 7. 9; LEITURA II – 1 João 2, 1-5a; EVANGELHO – Lucas 24, 35-48.

As leituras deste Domingo fazem-me lembrar como é importante para mim observar os sinais da presença de Deus.

Todas as leituras deste Domingo me remetem para a verdade. Nos Actos dos Apóstolos, São Pedro anuncia de uma forma muito clara tudo o que aconteceu com Jesus. Não tentou dourar a pílula. Muitos dos que o escutavam (senão todos) eram Judeus. São Pedro poderia ter falado com um pouco mais de contenção… Até porque Pedro também negou Jesus. Mas ele não teve medo, anunciou os factos tal como aconteceram. Mais importante que tudo isso, anunciou que quem aceita a verdade pode ter os seus pecados perdoados.

São João, tal como São Pedro, acompanhou Jesus na pregação dos mandamentos. Mas aprendeu com ele a pregar os mandamentos na verdade. Por isso, São João diz: “Aquele que diz conhecê-l’O e não guarda os seus mandamentos é mentiroso e a verdade não está nele”. Ou seja, com Jesus aprenderam que viver na verdade é não só proclamar os mandamentos, mas também pô-los em prática. É certo que nunca conseguirei colocar todos os mandamentos em prática, que é o mesmo que dizer que nunca conhecerei a verdade toda. Mas quantos mais mandamentos puser em prática, mais andarei na verdade. Mais conhecerei Jesus.

O Evangelho mostra que nem todos os que viveram com Jesus O reconheceram à primeira. Estavam baralhados. Ora, se até os que viveram com Ele quase não O reconheciam, o que será de mim quando vier Jesus à minha vida na forma de uma bênção? Talvez eu não reconheça Jesus... Talvez lhe vire as costas. Talvez eu vá preferir ver televisão em vez de me encontrar com Ele. Por isso, é muito importante cumprir a cada dia os mandamentos de Jesus. Só assim O reconhecerei quando Ele se quiser encontrar comigo.

Pedro Chambel Leitão



VIVENDO A FÉ - Peregrinação Internacional dos Acólitos a Roma

Entre os dias 30 de Julho e 3 de Agosto de 2018, cinco Acólitos representarão a nossa Paróquia na Peregrinação Internacional dos Acólitos a Roma.

Os pontos “fortes” do programa incluem o encontro do Papa Francisco com todos os Acólitos, a participação dos Acólitos na audiência papal das Quartas-Feiras e um encontro com todos os participantes lusófonos, seguido de Eucaristia.

Haverá ainda a oportunidade de visitar as Catacumbas de São Calisto (local onde ainda se conservam inscrições e restos arqueológicos que atestam a veneração a S. Tarcísio, Padroeiro Internacional dos Acólitos), seguindo-se a Celebração Eucarística na Igreja de São Tarcísio.

Para os Acólitos que, em 2015, participaram na Peregrinação Internacional dos Acólitos, tratou-se de um momento marcante e cheio de significado onde “pudemos sentir bem de perto a presença de Jesus nas nossas vidas” (Pedro e Fábio). Continuamos a recordar as Palavras proferidas pelo Santo Padre, na altura: “É significativo ver que a proximidade e familiaridade com Jesus Eucaristia no serviço do altar, se torna também uma oportunidade para se abrir aos outros, para caminhar juntos, para escolher metas de compromisso e encontrar as forças para as alcançar […] Na Eucaristia e nos outros sacramentos experimentais a proximidade íntima de Jesus, a doçura e a eficácia da Sua presença. Não encontrais Jesus colocado num trono, alto, sublime e inalcançável […] Obrigado pela vossa disponibilidade para servir o altar do Senhor […] Obrigado também por terdes começado a responder ao Senhor, como o profeta Isaías: “Eis-me aqui, envia-me”.

Certamente que, com muita alegria, em Agosto de 2018, os Acólitos se dirigirão a Roma para estar com o Santo Padre e, com ele, darem testemunho da nossa Fé.

Participar nesta Peregrinação será, certamente, “procurar a paz e segui-la” (cfr Sl 34, 15).

Muito obrigado por nos acompanharem e pelas vossas orações. Contem também que rezaremos por todos vós.

Grupo de Acólitos da Paróquia de S. Pedro de Barcarena



VIDA PAROQUIAL

1. Tarde do Sim

A Tarde do Sim, destinada às Crianças da Catequese e suas Famílias (Pais, Avós, etc.), vai ter lugar, na International School, no dia 21 de Abril (Sábado).

Contamos com a presença de todos.

2. Peregrinação dos Acólitos a Roma – Angariação de Fundos

Entre 30 de Julho e 3 de Agosto, 5 Acólitos da nossa Paróquia vão participar na Peregrinação Internacional de Acólitos a Roma e encontrar-se com o Papa Francisco.

Tendo em vista angariar fundos de modo a custear as viagens, os Acólitos vão estar a vender bolos, em Leceia e Valejas, no próximo Domingo, dia 22 de Abril, após a Missa Dominical.

Não haverá um preço estipulado. Cada um contribuirá com o que puder.

Toda a ajuda será bem-vinda!

3. Encontro Vicarial de Pastoral Litúrgica

No próximo dia 25 de Abril, terá lugar o Encontro Vicarial de Pastoral Litúrgica.

Este encontro realiza-se na Paróquia de Carnaxide. Começa às 9:30 horas e termina às 17:00 horas, havendo recitação de Vésperas às 16:30 horas. O almoço será partilhado.

Apelamos a todos os Paroquianos (Cantores, Leitores, Zeladores, Acólitos, Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, etc.) a que participem neste Encontro.

4. 2ª Etapa dos Sacramentos de Iniciação Cristã

No próximo dia 29 de Abril, Domingo, na Igreja Paroquial, no decorrer da Missa das 12:00 horas, vai ter lugar a 2ª Etapa dos Sacramentos da Iniciação Cristã (Crianças que vão ser baptizadas a 27 de Maio).

Os Pais, Padrinhos (dentro das possibilidades) e as Crianças deverão estar na Igreja Paroquial às 11:45 horas.


©2018 Paróquia de São Pedro de Barcarena