Nº174 11-12-2016

Anteriores

Nº174 - 11-12-2016

NA BARCA DA FÉ

 

O BAPTISTA CONVIDADO A CONVERTER-SE

“Apareceu um homem, enviado por Deus, que se chamava João” (Jo 1, 6). Foi enviado para preparar Israel para a vinda do Messias. “Convertei-vos, dizia, porque está próximo o Reino dos Céus” (Mt 3, 2).

A sua mensagem era clara, a linguagem dura, a proposta exigente.

Austero e irrepreensível, dava a impressão de ser um mestre de vida seguro de si mesmo e das suas certezas, inabalável, inflexível. Pelo contrário, como toda a gente, também ele experimentava a perplexidade, o desassossego, o tormento interior.

Jesus, que tinha por ele uma estima profunda e o entendia, convidou-o um dia a rever as suas convicções teológicas e religiosas. Deu-lhe a entender que devia realizar em si mesmo aquela conversão que pedia aos outros.

No passado Domingo, a Liturgia propôs-nos a mensagem do Baptista; hoje, apresenta-nos o seu exemplo.

João não se limitou a ensinar com palavras, mas mostrou, com a vida, a necessidade de estarmos sempre prontos a pôr em causa as próprias certezas e seguranças quando confrontados com a novidade de Deus.

Somente quem, como ele, procura apaixonadamente a verdade está preparado para encontrar a Verdade.

Padre Mário Faria Silva



VIVER A PALAVRA - III Domingo do Advento – Ano A

Is 35,1-6a.10; Salmo 145 (146); Tg 5,7-10; Mt 11,2-11

A humildade é graça de Deus. Não é possível ao homem ser humilde. Na sua génese (na minha génese) está o pecado original: fazer-me de deus da minha vida. Por muitas circunstâncias da vida passei por humilhações: na escola, no trabalho, em casa… Foram humilhações que me marcaram. Mas agora vejo como foram profundas bênçãos de Deus. Sem elas provavelmente já me tinha esquecido de Deus. Isaías diz na primeira leitura: «Tende coragem, não temais: Aí está o vosso Deus, vem para fazer justiça e dar a recompensa. Ele próprio vem salvar-nos». Posso dizer que estas palavras se têm cumprido na minha vida. De todas as humilhações o Senhor me salvou.

O Salmo 145 começa por dizer “O Senhor faz justiça aos oprimidos” e acaba dizendo que “O teu Deus, ó Sião, é rei por todas as gerações”. O Senhor fez-me justiça e far-me-á sempre justiça. Ele é Rei e Senhor não só da minha vida mas de todo o universo. O povo de Israel conseguiu agarrar-se a esta palavra durante centenas de anos até ver chegar o messias. Sabendo o Senhor a minha fraqueza, manda-me através da Leitura da Epístola de São Tiago, o alento necessário para não desesperar enquanto espero a salvação para a minha vida: “Esperai com paciência a vinda do Senhor. Vede como o agricultor espera pacientemente o precioso fruto da terra”. O Fruto de felicidade na minha vida pode não chegar nem hoje nem amanhã, mas chegará!

E realmente não tenho motivos para desanimar. O Senhor concede-me tantas coisas que não mereço. Deu-me uma Família, deu-me uma esposa, deu-me filhos, deu-me casa,… Diz Jesus no Evangelho acerca de João Baptista: “Entre os filhos de mulher, não apareceu ninguém maior do que João Baptista. Mas o menor no reino dos Céus é maior do que ele”. A única forma que posso ter de ser minimamente digno do reino é colocar tudo o que sou e tenho ao serviço do Senhor, e converter o meu coração orgulhoso num coração humilde disposto a amar aquele que me está próximo. É anunciar que o tempo está próximo, que se aproxima o Deus Menino que vem trazer a felicidade para mim e para todos. E está mesmo quase. Faltam apenas duas semanas para o Natal! 

Pedro Chambel Leitão



VIVENDO A FÉ - Rumo ao Natal – III Semana do Advento!

Celebramos hoje o III Domingo do Advento, o Domingo Gaudete, ou Domingo da Alegria. Este tempo de espera para o Natal está a meio e continua a nossa “caminhada” cujo tema é: Natal: Tempo de Acolhimento. Preparamo-nos para acolher Jesus, o Salvador. E, comotemos dito, só O podemos acolher na medida em que tivermos gestos de acolhimento para com os outros. “O que fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a Mim o fizestes” (Cf. Mt 26, 31-46).

A nossa “Caminhada” remete para a recolha de bens relacionados com as necessidades de grupos com carências.

Desenvolvimento da “caminhada” para a 3ª Semana Recolha de Alimentos e Produtos de Higiene. Palavra-chave– Alegria

Palavra Bíblica

(Is 35, 1-6a.10) – “Voltarão os que o Senhor libertar, hão-de chegar a Sião com brados de alegria. Reinarão o prazer e o contentamento e acabarão a dor e os gemidos”

(Tg 5, 7-10) – “Esperai com paciência a vinda do Senhor (…), fortalecei os vossos corações (…), não vos queixeis uns dos outros (…), tomai como modelos de sofrimento e de paciência os profetas”;

(Mt 11, 2-11) – “Ide contar a João o que vedes e ouvis: os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são curados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e a Boa Nova é anunciada aos pobres”.

Breve comentário

Jesus realiza com as Suas Palavras, gestos e atitudes a Salvação de Deus, levando a alegria e o júbilo a todos os corações, especialmente aos mais pobres e infelizes da terra, já que, com Ele e por Ele, os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são curados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e a Boa Nova é anunciada aos pobres.

Oração

Senhor, eu ouço a Vossa Palavra convidando-me à conversão e alegro-me com Ela porque sei que nasce da fonte do Vosso amor misericordioso.

Quero acolher este convite com todo o meu coração, com toda a minha alma, com todo o meu entendimento, com todas as minhas forças, e fazê-lo frutificar na vivência concreta do meu dia-a-dia.

Diácono Carlos M. Borges



VIDA PAROQUIAL

1.    “Caminhada” do Advento

Durante esta III Semana do Advento, a “caminhada” que estamos a fazer remete para a recolha de Alimentos e Produtos de Higiene, que serão entregues no Centro de Acolhimento de Tercena.

Em todas as Comunidades, há também um cesto onde podem ser depositados produtos alimentares (não perecíveis) que se destinam aos Cabazes de Natal para as Famílias com dificuldades económicas.

2.    Confissões de Preparação para o Natal

Barcarena –Quarta-Feira, dia 14 de Dezembro, às 21:00 horas. Tercena –Quinta-Feira, dia 15 de Dezembro, às 21:00 horas. Queluz de Baixo –Sexta-Feira, dia 16 de Dezembro, às 21:00 horas. Valejas –Domingo, dia 18 de Dezembro, às 9:30 horas.

Leceia –Domingo, dia 18 de Dezembro, às 10:00 horas.

3.    Encerramento da Catequese / Festa do Perdão

O 1º Período da Catequese termina no próximo Sábado, dia 17 de Dezembro, com uma Celebração para todos os Grupos da Catequese que terá lugar na Igreja Paroquial, às 14:45 horas (um quarto para as três). Durante aCelebração, será feita a entrega do Contributo recolhido para o Centro Social e Paroquial.

Após a Celebração haverá Confissões para as Crianças/Adolescentes do 4º ao10º Catecismos.

Convidamos os Pais a participarem nesta Celebração.

4.    Concurso de Presépios

A Equipa da Pastoral Vocacional convida a todas as Famílias da nossa Paróquia a participarem num concurso de presépios. Para participar neste concurso basta construir um presépio e enviar uma fotografia do mesmo (formato digital) para o endereço de e-mail seguinte: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Informações mais detalhadas podem ser encontradas no “site” da Paróquia, onde está disponível o regulamento do concurso, ou junto de qualquer membro da Equipa da Pastoral Vocacional. A data final para o envio das fotografias dos presépios é o dia 23 de dezembro.


©2019 Paróquia de São Pedro de Barcarena