Nº173 04-12-2016

Anteriores

Nº173 - 04-12-2016

NA BARCA DA FÉ

 

FLORESCERÁ COMO A PALMEIRA,
CRESCERÁ COMO O CEDRO DO LÍBANO

Israel era uma árvore que o Senhor tinha feito germinar e tinha cultivado. Depois, vieram os inimigos que, armados com machados de lenhador vibraram golpes impiedosos e reduziram-na a um tronco nu e desolado (Sal 74, 5-6).

É a nossa história. À mercê das forças do mal que nos dominam, que nos tiram a luz e a respiração, tornamo-nos ramos secos, incapazes de dar fruto.

Mas nada de perder a esperança!

“Dias virão – garantem os profetas – em que Jacob lançará novas raízes, Israel produzirá botões e flores, e encherá o mundo de seus frutos” (Is 27, 6). “Serei para Israel como o orvalho - diz o Senhor – este florescerá como um lírio e deitará raízes como um cedro do Líbano; os seus ramos estender-se-ão ao longe, a sua opulência será como a da oliveira, o seu perfume como o odor do Líbano” (Os 14, 6-7).

Nada é impossível a quem fez florescer até mesmo a vara seca de Aarão (Num 17, 6).

Segundo as promessas do Senhor, da raiz de Jessé surgiu uma árvore vigorosa, Cristo, à qual todos serão ligados. Dele sairá a linfa que há-de manter viçosa cada árvore plantada no jardim de Deus, que dará frutos abundantes.

Não existem situações desesperadas para quem acredita no amor do Senhor.

O vosso Pároco

Padre Mário Faria Silva



VIVER A PALAVRA - II Domingo do Advento – Ano A

Is 11, 1-10; Sal 71 (72); Rom 15, 4-9; Mt 3, 1-12

Alguma vez se viu um lobo ser humilde perante um cordeiro? Seria até contrário às leis da natureza. As leituras deste domingo são um convite a contemplar a obra que Deus quer realizar na minha vida, na Igreja e no mundo: uma obra, contrária à natureza humana corrompida pelo pecado, que é a conversão e a paz.

A conversão porque a todo o momento as minhas atitudes são semelhantes às que o lobo tem com o cordeiro: agressividade, superioridade, domínio, poder e, se necessário, homicídio. Quero sempre ser o lobo e nunca o cordeiro! Lutei por isso, estudei para isso, fiz sacrifícios para isso! Como é que Deus manda o seu Filho ao mundo para ser o cordeiro se isso é tão ao contrário do que parece estar certo?

O Senhor convida-me a aceitar este Espírito que vem d’Ele, o “ espírito de sabedoria e de inteligência, espírito de conselho e de fortaleza, espírito de conhecimento e de temor de Deus.” É este o Espírito que me permitirá aceitar a pregação de João Batista, que me fará desejar a paz, que me fará aceitar a conversão. Só animado por este Espírito posso acreditar, e esperar, na promessa do Senhor de que “Não mais praticarão o mal nem a destruição em todo o meu santo monte: o conhecimento do Senhor encherá o país, como as águas enchem o leito do mar.”

São Paulo vem confirmar que posso acreditar nesta Palavra porque “Tudo o que foi escrito no passado foi escrito para nossa instrução, a fim de que, pela paciência e consolação que vêm das Escrituras, tenhamos esperança.” (Rom 15, 4) Já Jesus tinha dito aos judeus: “Vós perscrutais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna; ora são elas que dão testemunho de mim.” (Jo 5, 39) É também nestas Escrituras, todos os domingos, que eu encontro a promessa da vida eterna. 

Zé Chambel Leitão



VIVENDO A FÉ - Rumo ao Natal – II Semana do Advento!

Celebramos hoje o II Domingo do Advento e, como dissemos na Folha Paroquial da semana passada, toda a Comunidade Paroquial está a “viver” uma única “Caminhada” que tem como “tema”: Natal: Tempo de Acolhimento. Trata-se de uma“caminhada”que tem por objetivopreparar e converter o coração para acolher Jesus, o Salvador. E só O podemos acolher na medida em que tivermos gestos de acolhimento para com os outros. “O que fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a Mim o fizestes” (Cf. Mt 26, 31-46).

A nossa “Caminhada” remete para a recolha de bens relacionados com as necessidades de grupos com carências.

Uma outra vertente que é explorada é a Palavra de Deus proclamada na Liturgia de cada Domingo do Advento, plena de apelos a assumir por todos.

Desenvolvimento da “caminhada” para a 2ª Semana – Recolha de Fraldas para Idosos. Palavra-chave– Conversão

Palavra Bíblica

(Is 11, 1-10) – “O lobo viverá com o cordeiro … e um menino os poderá conduzir”

(Rom 15, 4-9) – “Acolhei-vos uns aos outros, como Cristo vos acolheu”

(Mt 3, 1-12) – “Praticai acções que se conformem ao arrependimento que manifestais”

Breve comentário

O convite insistente de João Batista à conversão atira-nos para Jesus e requer de nós, no dia-a-dia deste tempo favorável do Advento, frutos de vida e de amor.

Oração

Senhor Jesus, Vós que iniciastes o Vosso ministério na terra proclamando “Convertei-vos e acreditai no Evangelho”, olhai-nos com a ternura do amor de Deus e, pela força da Vossa graça, transformai a nossa mente e orientai para Vós a nossa vontade dando-nos a alegria da conversão. Fazei da Vossa Igreja, da qual somos pedras vivas pelo sacramento do Baptismo, uma comunidade verdadeiramente convertida a trabalhar com entusiasmo e perseverança ao serviço da conversão da humanidade.

Diácono Carlos M. Borges



VIDA PAROQUIAL

1.    “Caminhada” do Advento

Durante esta II Semana do Advento, a “caminhada” que estamos a fazer remete para a recolha de fraldas para idosos, que serão entregues no Centro de Dia do Centro Social e Paroquial.

Em todas as Comunidades, há também um cesto onde podem ser depositados produtos alimentares (não perecíveis) que se destinam aos Cabazes de Natal para as Famílias com dificuldades económicas.

2.    Festa dos Auxiliares da Legião de Maria

Na próxima 4ª feira, dia 7 de dezembro, às 17:00 horas, na Igreja de Tercena, haverá a Festa Anual dos Auxiliares da Legião de Maria.

3.    Celebração de Encerramento do Sínodo Diocesano

A Celebração de Encerramento do Sínodo Diocesano está marcada para 5ª feira, dia 8 de dezembro, às 15:30 horas, no Mosteiro dos Jerónimos. Nessa Celebração haverá a Ordenação de Diáconos. Todos somos convidados a participar.

4.    Bênção das Grávidas

No próximo domingo, dia 11 de dezembro, às 12:00 horas, na Igreja Paroquial, durante a Eucaristia Dominical, vamos pedir a Bênção de Deus para as Grávidas da nossa Paróquia. Convidamos todas as Grávidas a participarem nesta Celebração.

5.    Concurso de Presépios

A Equipa da Pastoral Vocacional convida a todas as Famílias da nossa Paróquia a participarem num concurso de presépios. Para participar neste concurso basta construir um presépio e enviar uma fotografia do mesmo (formato digital) para o endereço de e-mail seguinte: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Informações mais detalhadas podem ser encontradas no “site” da Paróquia, onde está disponível o regulamento do concurso, ou junto de qualquer membro da Equipa da Pastoral Vocacional. A data final para o envio das fotografias dos presépios é o dia 23 de dezembro. 


©2019 Paróquia de São Pedro de Barcarena