Nº145 27-03-2016

Anteriores

Nº145 - 27-03-2016

NA BARCA DA FÉ

 

PÁSCOA

A Páscoa inicia já com o tríduo pascal que vai da celebração da Ceia do Senhor, na quinta-feira santa, até ao Domingo da Ressurreição, tendo o seu ponto culminante na Vigília pascal, que constitui o cume da celebração pascal e de todo o ano litúrgico. A Vigília pascal é a mais antiga das celebrações, “a mãe de todas as vigílias”, no dizer de S. Agostinho.

A Festa da Ressurreição era celebrada tão solenemente que se prolongou por uma oitava solene, que deu origem aos nomes da semana: feria secunda (segunda-feira), ou segundo diaferiado ou da Festa, etc.. Por sua vez, o tempo pascal só termina com o Pentecostes, plenitude da Páscoa (cinquenta é um número simbólico indicando plenitude), embora o Espírito Santo tivesse descido já sobre os Apóstolos no dia da Ressurreição do Senhor. Neste sentido, os Domingos a seguir à Páscoa são denominados também Domingos de Páscoa. S. Atanásio fala de “um único Grande Domingo”.

As celebrações da Páscoa não são simples recordação de um acontecimento histórico. São uma vivência ou perpetualização deste mistério, através da Eucaristia e dos outros Sacramentos, onde o Senhor está presente. O círio pascal, que se mantém aceso até ao Pentecostes, manifesta a presença do Vivente entre o Seu povo.

Procuremos, na nossa comunidade paroquial, celebrar a Vida que a Ressurreição de Cristo nos dá. Celebremos Páscoa! Não guardemos um Cristo morto! Hoje ainda temos tanta preocupação com os mortos (caixões de luxo, “bouquets” de vaidade, etc.) quando o único que conta é a certeza da Ressurreição. 

Santa Páscoa para todos!

O vosso Pároco,

Padre Mário Faria Silva



VIVER A PALAVRA - DOMINGO DA PÁSCOA DO SENHOR - ANO C

Gen 1, 1 2, 2; Gen 22, 1-18;Ex 14, 15-15,1; Is 54, 5-14 ; Is 55, 1-11; Bar 3, 9-15.32-4, 4; Ez 36, 16-17a. 18-28; Rom 6, 3-11; Lc 24, 1-12

A Noite Santa da Páscoa chega mais uma vez à minha vida. As leituras da Lei, dos Profetas, de S. Paulo e do Evangelho vêm concretizar o que profetiza Ezequiel: “Dar-vos-ei um coração novo e infundirei em vós um espírito novo.” Como é que a Palavra de Deus concretiza isto em mim? A Palavra proclamada tem poder para mudar o meu coração? Profetiza Isaías: “E assim como a chuva e a neve que descem do céu não voltam para lá sem terem regado a terra, sem a haverem fecundado e feito produzir, para que dê a semente ao semeador e o pão para comer, assim a palavra que sai da minha boca não volta sem ter produzido o seu efeito, sem ter cumprido a minha vontade, sem ter realizado a sua missão”.

Nesta Noite Santa relatam-se alguns dos mais importantes acontecimentos da história da Salvação em que Deus mostra o poder da Sua Palavra. Abraão ouviu e acreditou; aceitou sem compreender o pedido de Deus para sacrificar o seu filho e experimentou como Deus, no alto do monte, contra toda a esperança humana, sempre providencia. Moisés e o povo de Israel, encurralados entre o mar e o exército do Faraó, experimentaram a abertura das águas, a vitória de Deus sobre a morte certa. Jesus Cristo, na cruz, abriu-nos o caminho para o Céu, ajudando-nos a aprender “o caminho de Deus”. Baruc diz-nos que é neste caminho “onde está a prudência, onde está a força e a inteligência”, para conhecermos também “onde se encontra a longevidade e a vida, onde está a luz dos olhos e a paz”. Como dizia Jesus: Quem tem ouvidos ouça!

Quando for proclamado que “Fomos sepultados com Ele pelo Baptismo na sua morte, para que, assim como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, também nós vivamos uma vida nova.” (Rom 6, 4), o Espírito Santo acompanha essa proclamação e vem dizer ao meu espírito que também a mim o Senhor tem poder para me ressuscitar nesta noite. E assim vai Deus completando a obra da criação com a obra da salvação de todos os homens. 

Zé Chambel Leitão



VIVENDO A FÉ - Não PEQ’s +

Caminha na misericórdia

Domingo de Páscoa da Ressurreição do Senhor!

Terminamos a nossa “Caminhada” Quaresmal.

O tema para esta Semana é: Vive-me!

Que nesta Páscoa de 2016 façamos nossas as palavras do Papa Francisco: “Este é o momento favorável para mudar de vida! Este é o tempo de se deixar tocar o coração”.(Misericordiae vultus, n.19)

Meditar:

Jesus está vivo!

Ele ressuscitou dos mortos!

Jesus propôs-te uma Caminhada rumo à Páscoa. Ele disse: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida” e, por isso, Ele quer viver em ti!Ele quer que sejas feliz!

Sabes como? Vivendo-O!

Vivendo a tua vida à luz do exemplo que Ele nos deixou, sendo exemplo d’Ele na vida dos que te rodeiam, tomares as tuas decisões tendo em conta os ensinamentos de Jesus.

Já viste como é simples ser Cristão?

Ser cristão é só isto: Viver como Cristo! Viver em Cristo! Ser Alegre!

Rezar:

Jesus Cristo: Caminho, Verdade e Vida, faz-nos Teus discípulos missionários! Com a humilde serva do Senhor, Mãe do Ressuscitado, queremos ser: Alegres no Caminho para a Terra Prometida!

Corajosas testemunhas da Verdade libertadora! Promotores da Vida em plenitude!

Fica connosco, Senhor!

Agir:

Obra de Misericórdia – Rogar a Deus por vivos e defuntos.

Diácono Carlos M. Borges



VIDA PAROQUIAL

1.    Férias do Pároco

Durante a próxima semana (28 de março a 1 de abril) o Pároco vai estar de férias.

Não haverá Celebração da Missa em Barcarena, Tercena e Queluz de Baixo.

Qualquer assunto relacionado com o normal funcionamento da Paróquia deverá ser tratado com o Diácono.

2.    Reinício da Catequese

As atividades da Catequese reiniciam no próximo fim de semana (dias 2 e 3 de abril).

3.    Vigília de Oração organizada pelo Grupo de Jovens

No próximo sábado, dia 2 de abril, pelas 21:30 horas, vai realizar-se, na Igreja de Santo António, em Tercena, uma Vigília de Oração organizada pelo Grupo de Jovens.

Todos os Paroquianos estão convidados a participar nesta Celebração.

4.    1ª Etapa dos Sacramentos da Iniciação Cristã

A 1ª Etapa dos Sacramentos da Iniciação Cristã vai ter lugar na Igreja Paroquial, dia 10 de abril, Missa às 12:00 horas.

Nesta etapa, as Crianças que vão receber os Sacramentos da Iniciação Cristã deverão ser acompanhadas pelos Pais.

5.    Tarde do Sim

No próximo dia 16 de abril (sábado), com início às 14:00 horas, a Catequese de toda a Paróquia vai viver uma tarde diferente: “A Tarde do Sim!”.

Esta  atividade  decorrerá  nas  instalações  da “International School” – Escola Internacional, em Barcarena.

É uma atividade destinada a todas as crianças da catequese, aos Pais e Familiares.

Todos estão convidados!

6.    Assembleia Diocesana de Catequistas

No próximo dia 17 de abril, entre as 9:30 e as 17:00 horas, em Torres Vedras (Pavilhão Multiusos) vai ter

lugar a Assembleia Diocesana de Catequistas, convocada pelo Cardeal Patriarca de Lisboa.

Apelamos a que todos os Catequistas participem nesta Assembleia.


©2019 Paróquia de São Pedro de Barcarena