Nº137 31-01-2016

Anteriores

Nº137 - 31-01-2016

NA BARCA DA FÉ

 

BEM-VINDA!

Vamos receber hoje, dia 31, com muita fé e alegria a imagem da Virgem Peregrina, Nossa Senhora de Fátima.

Sirvo-me de algumas palavras do Sr. Bispo, D. Joaquim Mendes, que podem ajudar-nos a viver este acontecimento singular: “Muitas vezes temos ido ao seu encontro, ao Santuário de Fátima. Agora é Ela que vem até nós. (...)

Acolhamo-La calorosamente. Que o nosso acolhimento seja verdadeiramente filial, caloroso, alegre, marcado pela fé e por um grande amor à nossa Mãe.

Celebremos com Nossa Senhora a alegria da fé. Ela é a Mãe amiga, sempre solícita para que não nos falte a fé, a esperança, a confiança no Senhor e o vinho da alegria na nossa vida, na nossa família, na Igreja, exortando-nos a fazer o que Jesus nos disser (cf. Jo 2, 5).

Contemplemos o seu rosto e descubramos nele a ternura e a misericórdia de Deus que nos chama à conversão. (...)

Levemos connosco ao encontro de Nossa Senhora de Fátima a nossa família e confiemo-la à sua protecção materna.

Conduzamos a Ela os que sofrem, os sós, os doentes, os mais frágeis, quantos necessitam da Sua ternura e do seu afecto de Mãe.”

Esta visita de Nossa Senhora será, com toda a certeza, um momento forte de celebração da fé, aqui, na nossa terra de Barcarena. Por isso, louvemos o nosso Deus por esta benção. E estejamos atentos aos apelos que Maria nos vai fazer. De certeza que não vai ficar tudo na mesma!

O vosso Pároco,

Padre Mário Faria Silva



VIVER A PALAVRA - IV DOMINGO do TEMPO COMUM - ANO C

1ª Leitura - Jr 1,4-5.17-19  2ª Leitura - 1Cor 12,31-13,13  Evangelho - Lc 4,21-30

A primeira leitura revela-me que seguir a Deus é sinónimo de incómodo para o mundo. Os que seguem a Deus são normalmente um alvo preferencial de perseguições, de mal entendidos e más vontades. Esta leitura convida-me a dar graças pelas pequenas perseguições que vou tendo ao longo da minha vida “Tu, porém, cinge os teus rins, levanta-te e diz-lhestudo o que Eu te ordenar. Não temas diante deles; se não, serei Eu a fazer-te temer na sua presença. Far-te-ão guerra, mas não hão-de vencer, porque Eu estou contigo para te salvar» – oráculo do SENHOR.” (Jr 1,17.19).

A segunda leitura diz-me que as eucaristias, orações, celebrações da palavra, perscrutações, peregrinações, esmolas, boleias, redações, nada valem se não forem acompanhadas pelo amor de Deus. Quando em nome do Senhor tento fazer muita coisa, só com as minhas forças, rapidamente me canso e me irrito comigo e com os outros porque a única energia inesgotável é o amor de Deus em nós “Ainda que eu distribua todos os meusbens e entregue o meu corpo para ser queimado, se não tiver amor, de nada me aproveita. O amor é paciente, o amor é prestável, não é invejoso, não é arrogante nem orgulhoso, nada faz de inconveniente, não procura o seu próprio interesse, não se irrita nem guarda ressentimento. Não se alegra com a injustiça, mas rejubila com a verdade.” (1Co 13,3-6).

O Evangelho lembra-me que fazer a vontade de Deus gera atritos em especial junto dos que me são próximos. Fugir dos atritos pode ser um sinal que estou a evitar fazer a vontade de Deus “Acrescentou, depois: «Emverdade vos digo: Nenhum profeta é bem recebido na sua pátria. Posso assegurar-vos, também, que havia muitas viúvas em Israel no tempo de Elias, quando o céu se fechou durante três anos e seis meses e houve uma grande fome em toda a terra; contudo, Elias não foi enviado a nenhuma delas, mas sim a uma viúva que vivia em Sarepta de Sídon. Havia muitos leprosos em Israel, no tempo do profeta Eliseu, mas nenhum deles foi purificado senão o sírio Naaman.» Ao ouvirem estas palavras, todos, na sinagoga, se encheram de furor. E, erguendo-se, lançaram-no fora da cidade e levaram-no ao cimo do monte sobre o qual a cidade estava edificada, a fim de o precipitarem dali abaixo. Mas, passando pelo meio deles, Jesus seguiu o seu caminho.” (Lc 4,24-30). 

Paulo Chambel Leitão



VIVENDO A FÉ - Visita da Imagem Peregrina de Fátima

Para esta semana, a última em que a Imagem Peregrina de Fátima permanece no Patriarcado de Lisboa, propomos a seguinte oração para ser rezada em família.

Virgem Peregrina, Senhora do Rosário de Fátima, Tu és a honra do nosso Povo e a glória dos nossos corações!

Na tua Imagem vemos a presença amorosa de Deus que vem ao nosso encontro para construir a mais bela história de Amor. A tua Imagem branca, coroada e luminosa, transporta nas mãos os mistérios de Cristo Redentor que queremos viver e anunciar. Das tuas mãos de ternura nos vem a luz de Deus que ilumina todos os batizados peregrinos sobre a terra. Dos teus pés que se fazem peregrinos nos vem o modelo da missão e o ardor da Caridade.

Ao passares na nossa Paróquia, renova os apelos da Mensagem de Cristo que proclamaste na Cova da Iria. Ajuda-nos a escutar a voz de Deus que vem ao nosso encontro. Ensina-nos a fazer nascer Jesus em todo o tempo e lugar. Torna a nossa veste batismal cada vez mais configurada com a luz de Deus que Francisco, Jacinta e Lúcia experimentaram e viveram.

Acolhe com solicitude materna o grito de louvor e a súplica de todos os que procuram a força da tua intercessão. Guia os nossos bispos, o nosso pároco e o nosso diácono. Sê o alento de todos os consagrados. Sê a alma de cada família. Sê conselho dos que governam e dos que trabalham pela paz. Olha para a condição dos que vivem as dificuldades do mundo contemporâneo.

Ampara as crianças, os adolescente e os jovens. Sê a esperança dos idosos e dos atribulados, a saúde dos enfermos. Mostra a todos que és mãe.

Virgem Peregrina, Senhora do Rosário de Fátima, a ti nos queremos consagrar para sermos cada vez mais fiéis à condição de filhos de Deus. Sê connosco peregrina na fé, na esperança e na caridade e, no mais íntimo do teu imaculado coração, sê caminho e refúgio para Deus! 

Diácono Carlos M. Borges



VIDA PAROQUIAL

1.    180º Aniversário da Freguesia de Barcarena

Na próxima terça-feira, dia 2 de fevereiro, a Freguesia de Barcarena celebra o seu 180º Aniversário. Às 18:00 horas haverá, na Igreja Paroquial, Missa Solene, em memória dos Autarcas e Funcionários falecidos. Às 21:00 horas haverá, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Barcarena, uma Sessão Solene.

2.    Reunião de Catequistas

Na próxima quinta-feira, dia 4 de fevereiro, às 21:00 horas haverá, na Igreja Paroquial, uma reunião com os(as) Catequistas. Apelamos à presença de todos(as).

3.    Conferência/Formação no Centro Jovem de Queluz de Baixo

Na próxima sexta-feira, dia 5 de fevereiro, entre as 21:00 e as 22:00 horas haverá, no Centro Jovem de Queluz de Baixo, um encontro de formação, orientado pela Dra Isabel Vale, com o tema “Miseri Cordia –99 menor que1?”. Não falte!

4.    Interrupção da Catequese

No próximo fim de semana (dias 6 e 7 de fevereiro) não haverá Catequese.

5.    Peditório Solidário

No próximo fim de semana (dias 6 e 7 de fevereiro), em todas as Missas, haverá um ofertório Solidário a favor da Associação Portuguesa Amigos de Raoul Follereau – O Amigo dos Leprosos.

6.    Festa de Carnaval organizada pelo Grupo de Jovens

O Grupo de Jovens convida todos os Paroquianos a participar na sua Festa de Carnaval, que terá lugar a partir das 15:00 horas do dia 6 de fevereiro no Centro Jovem de Queluz de Baixo. A entrada é de 2 máscaras. No decorrer da festa haverá um baile/desfile de máscaras. Não é obrigatório ir mascarado. Crianças, Adolescentes, Jovens, menos Jovens, todos, sem exceção, estão convidados a participar.

O objetivo desta festa é angariar fundos para a participação dos Jovens nas Jornadas Mundiais da Juventude.

7.    Dia de Carnaval - Missas

No dia de Carnaval, 9 de fevereiro, as Missas em Tercena e em Barcarena serão canceladas.


©2019 Paróquia de São Pedro de Barcarena