Nº84 30-11-2014

Anteriores

Nº84 - 30-11-2014

NA BARCA DA FÉ

 

ESPERA VIGILANTE

Voltou o tempo do Advento e a liturgia convida-nos a estarmos atentos, a estarmos preparados para acolher o Senhor que vem libertar-nos. O «Redentor vem», mas é necessário vigiar para poder acolher a Sua salvação.

Os cristãos, desde os primeiros tempos da Igreja, escolheram a noite para celebrar as suas festas principais. A grande liturgia do baptismo tinha lugar durante a noite de Páscoa e ainda hoje se mantém a tradição da Eucaristia do Natal à meia-noite, quando a escuridão é mais profunda. Porquê?

Durante a noite tudo se cala, tudo está envolto no mistério, tudo está calmo. É de noite que andam os ladrões, os que querem cometer o mal, os que amam a escuridão, porque não desejam que as suas obras sejam descobertas. A verdadeira vida retoma o seu curso de manhã. Eis porque alguns vigiam: porque esperam pela luz.

No Evangelho de hoje (Mc 13, 33-37) a noite é o símbolo de todo o tempo da nossa vida. O cristão nunca pode adormecer, não pode comportar-se como os outros que se abandonam à dissolução, à embriaguez, às aventuras, que cometem adultérios, vinganças, violências... Vigia porque espera o mundo novo. E, quando se dá conta de que as pálpebras começam a ficar pesadas por causa do sono, ele recorda-se do que Paulo escreveu aos cristãos de Corinto: “Coragem! A noite vai adiantada e o dia está próximo!” (Rom 13, 12)

O vosso Pároco,

Padre Mário Faria Silva



VIVER A PALAVRA - I DOMINGO do ADVENTO – Ano B

Is 63,16b-17.19b; 64,2b-7; Salmo 79 (80); 1 Cor 1,3-9; Mc 13,33-37

Com o Advento começa um momento de tensão. Estou como aluno nas vésperas de exame. Aproxima-se o dia e ainda há tanto para estudar. No Advento a promessa é que Deus vem. Dito assim é um bocado assustador. No

Evangelho fala do patrão que chega sem se anunciar. Para Maria o “advento” foi sem dúvida assustador pois aceitou ficar grávida numa sociedade que, em situação normal, a mataria por ter engravidado sem coabitar com o seu marido.

Apesar do medo, todas as leituras me convidam a esperar. O medo faz parte da minha condição de criatura. Estou à mercê de muitas coisas que não consigo controlar. Mas sem dúvida estou à mercê do Criador. E o que vai encontrar o Criador quando me bater á porta? Vai-me encontrar a dormir? Vai-me encontrar preguiçosamente no sofá a ver televisão? Vai-me encontrar a dizer mal dos meus irmãos?

Isaías na segunda leitura diz: “Porque nos deixais, Senhor, desviar dos vossos caminhos e endurecer o nosso coração, para que não Vos tema?” Talvez o Senhor me conceda neste Advento o Temor de Deus… Talvez o Senhor me ilumine neste Advento e me faça perseverar na oração. Talvez o Senhor tenha piedade de mim e me faça ver na minha família, na minha paróquia e no meu trabalho a graça que ele me dá para a minha salvação. Pois como diz São Paulo na terceira leitura: “Ele vos tornará firmes até ao fim, para que sejais irrepreensíveis no dia de Nosso Senhor Jesus Cristo.” 

Pedro Chambel Leitão



2015 – Ano Dedicado à Vida Consagrada

Estamos a iniciar um novo Ano Litúrgico.

Celebramos hoje o I Domingo do Tempo de Advento.

Para este Ano Litúrgico o Papa Francisco lançou a toda a Igreja um convite, uma sua vontade: Celebrar o Ano da Vida Consagrada, tendo como tema “A VidaConsagrada na Igreja hoje: Evangelho, Profecia, Esperança”.

Sempre na linha da sua Exortação Apostólica, a “Alegria do Evangelho”, o Papa convida os Institutos de Vida Consagrada e os Cristãos em geral a reflectirem sobre o tempo da graça que nos é dado viver na óptica do amor e da alegria que brota do encontro com Jesus Cristo.

Diz-nos o Papa: “Queria dizer-vos uma palavra,e essa palavra é Alegria. Onde quer que haja consagrado, ai está a alegria”!

A Vida Consagrada é um dom de Deus à Igreja, um dom de Deus para o povo em caminho!

As Pessoas Consagradas são Sinais de Deus nos diversos ambientes de vida, são Profecia de partilha com os pequenos e os pobres.

O Papa Francisco pede aos Consagrados para serem pessoas que levam o abraço de Deus:

Hoje, as pessoas precisam certamente depalavras mas têm, sobretudo, necessidade de quem testemunhe a misericórdia, a ternura do Senhor que aquece o coração, desperta a

esperança, atrai para o bem. … Somos chamados a levar a todos o abraço de

Deus, que se inclina sobre nós com ternura de mãe.

Consagrados, sinal de humanidade plena, facilitadores da graça, marcados pelo sinal da consolação”.

Acolhendo este convite do Papa Francisco, empenhemo-nos, também nós, a rezar pelos Consagrados e Consagradas, a fim de que possam crescer sempre mais no testemunho fiel e alegre da própria Vocação.

Irmã Izabel (Irmãs Canossianas)



VIDA PAROQUIAL

1.    1º Aniversário da Ordenação do Diácono Carlos M. Borges

Amanhã, Segunda-Feira, dia 1 de Dezembro, ocorre o 1º Aniversário da Ordenação do Diácono Carlos M. Borges.

Na Igreja Paroquial, às 21:00 horas, haverá uma Missa de Acção de Graças. Todos somos convidados a participar nesta Celebração.

2.    Dia de Santa Bárbara

Na próxima Quinta-Feira, dia 4 de Dezembro, a Igreja celebra o dia de Santa Bárbara, Padroeira dos Mineiros.

Às 12:00 horas, nas instalações da Fábrica da Pólvora, haverá Missa em honra de Santa Bárbara e por alma dos trabalhadores falecidos na Fábrica da Pólvora.

3.    Inauguração da Loja Social – Loja dos Sorrisos

No próximo Sábado, dia 6 de Dezembro, pelas 15:30 horas, vai ter lugar a inauguração da Loja Social, a Loja dos Sorrisos, localizada na Rua da Juventude, em Tercena (em frente às instalações do Centro de Infância de Tercena.

Convidamos todos os Paroquianos para esta cerimónia de inauguração.

4.    Vigília de Oração Juvenil Vicarial

No próximo Sábado, dia 6 de Dezembro, pelas 21:30 horas, vai ter lugar, na Igreja Paroquial, uma Vigília de Oração Vicarial, com a participação de jovens de todas as Paróquias da Vigararia de Oeiras.

Convidamos todos os Paroquianos para esta Celebração.

5.    Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Maria

No dia 8 de Dezembro a Igreja celebra a Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Maria. É dia de preceito. O horário das Missas é o habitual das Missas Dominicais.

Nesse dia haverá também a Festa dos Auxiliares da Legião de Maria, com uma Missa em Tercena, às 16:30 horas.

6.    Confissões de preparação para o Natal

Dia 13 de Dezembro, às 15:00 horas – Confissões das Crianças da Catequese e Catequistas, na Igreja Paroquial.

Dia 17 de Dezembro, às 17:30 horas – Valejas, às 21:00 horas – Barcarena Dia 18 de Dezembro, às 17:30 horas – Leceia , às 21:00 horas – Tercena Dia 19 de Dezembro, às 21:00 horas – Queluz de Baixo

7.    Peregrinação Paroquial a Santiago de Compostela e Lurdes

Estão abertas as inscrições para a Peregrinação Paroquial a Santiago de Compostela e Lurdes, a ter lugar em Julho de 2015.

As inscrições terão de ser feitas no Cartório Paroquial.


©2019 Paróquia de São Pedro de Barcarena