Nº63 - 11-05-2014

Anteriores

Nº63 - 11-05-2014

NA BARCA DA FÉ

 

JESUS, O BOM PASTOR

No Evangelho de hoje (Jo 10, 1-10) Jesus apresenta-Se como o Bom Pastor. Daí vem a denominação do IV Domingo da Páscoa como o “Domingo do Bom Pastor”!

O Antigo Testamento tinha dito que o Povo era o rebanho de Deus e os chefes – políticos e religiosos – eram os seus pastores. Mas os chefes políticos e religiosos detestam Jesus e querem matá-Lo. Apresentam-se como defensores da verdade e da tradição, mas só cuidam dos seus interesses.

Por isso Jesus retoma a imagem. Existiam nos campos espaços cercados onde vários pastores recolhiam, ao fim da tarde, os seus rebanhos. Cada um desses pastores ficava, por turno, a vigiar a entrada e era, por isso, “a porta”. De manhã, o bom pastor “chama cada uma das ovelhas pelo seu nome e leva-as para fora. Depois, caminha à sua frente e as ovelhas seguem-no, porque conhecem a sua voz”. O bom pastor levava as ovelhas para os pastos verdes e para a água fresca, defendia-os dos ladrões e dos lobos. As ovelhas conheciam-lhe a voz e confiavam nele. Por sua vez, o bom pastor conhecia as suas ovelhas e tinha posto o nome a cada uma.

Bem sabemos que, hoje, a imagem do rebanho se usa para fustigar o seguidismo e a alienação. Na boca de Jesus significa, pelo contrário, a confiança livre e bem fundada, a relação profunda e mútua do amor.

O vosso Pároco,

Padre Mário Faria Silva



VIVER A PALAVRA - DOMINGO IV do Tempo Pascal, Ano A

Act 2, 14a.36-41; Sal 22 (23), 1-3a. 3b-4. 5. 6; 1 Pe 2, 20b-25; Jo 10, 1-10

Saiba com absoluta certeza todo o habitante de Barcarena que Jesus Cristo é o Senhor pelo qual podemos ser salvos.

Saiba com absoluta certeza todo o habitante de Barcarena que Jesus Cristo é o único a quem vale a pena seguir porque só ele é o Caminho.

Saiba com absoluta certeza todo o habitante de Barcarena que Jesus Cristo é a única Palavra que me pode transformar; fazer de mim um verdadeiro filho de Deus; é a única Voz que vale a pena escutar. Todas as outras vozes, a começar pela voz do meu coração empedernido, vêm de falsos pastores, falsos deuses, deuses que parecem luzir mas não são a Luz.

Saiba com absoluta certeza todo o habitante de Barcarena que por seguirmos outros deuses, em especial a busca do prazer próprio acima de tudo, condenámos à morte o autor da vida, Jesus Cristo; “Ele suportou os nossos pecados no seu Corpo, sobre o madeiro da cruz, a fim de que, mortos para o pecado, vivamos para a justiça”.

Saiba com absoluta certeza todo o habitante de Barcarena que este Jesus Cristo a quem nós matámos, está vivo, e nos perdoa, e nos chama à conversão para podermos receber o Espírito Santo e o Baptismo! E nos chama à completa e total mudança de vida, à metanoia, que só ele pode realizar em nós quando ouvimos a sua voz e seguimos pelo caminho que ele abriu para nós na cruz. Porque Ele não veio ao mundo para julgar o mundo mas para que o mundo seja salvo por Ele. Ele não veio ao mundo para condenar esta paróquia cheia de pecadores (eu sou o primeiro!) mas para a salvar.

Aleluia! O Senhor está ressuscitado! Aleluia!!!

José Chambel Leitão



Eu sou o Bom Pastor! As minhas ovelhas escutam a Minha Voz!

O quarto Domingo da Páscoa é designado como o Domingo do “Bom Pastor”.

Eu sou o Bom Pastor! “As Minhas ovelhas escutam a Minha voz. Eu conheço as Minhas ovelhas e elas seguem-Me”.

Eu sou o Bom Pastor!

Quem é este Pastor?

É o Senhor poderoso, o Deus-Messias, o Mestre bom e belo, rico de bondade, de doçura, de amor que dá a vida pelas ovelhas”.

Como ficar indiferente a tão grande Amor? Como ficar fechado dentro do nosso mundo quando podemos pertencer a este imenso rebanho liderado por Jesus?

Eu sou o Bom Pastor!

A nossa atenção concentra-se em Jesus, guia supremo de quem confia n’Ele, de quem coloca n’Ele a sua esperança, de quem O segue procurando pôr em prática, dia a dia, as Suas palavras e o Seu exemplo.

E hoje? E aqui? Hoje e aqui, Jesus mandou-nos um pastor muito especial. Jesus chamou-o pelo nome porque o amou desde sempre, escolhendo-o, entre muitos, para ser o mestre e o pastor deste povo de Barcarena. E nós sentimos o amor que, gota a gota vai deixando tombar sobre nós, e nos ajuda a superar as nossas imperfeições e a viver plenamente este imenso Amor de Deus. Por isso hoje, Domingo do Bom Pastor, só lhe podemos dizer um imenso Obrigado. Obrigado porque nos vai guiando a melhores prados.

O quarto Domingo da Páscoa é também o dia Mundial de Oração pelas Vocações. Todos somos convidados a rezar pelas Vocações e, de uma forma muito especial, pelas Vocações Sacerdotais e Religiosas.

O Sacerdote, o bom pastor, é alguém capaz de oferecer uma saída da condição servil em que vivem tantos irmãos nossos para os fazer entrar na porta da salvação, na vida de Cristo.

Com a autoridade que lhe vem de Cristo e com o testemunho de vida, o Sacerdote-bom pastor repete cada dia: “Eu sou o bom pastor e dou a vida pelas minhas ovelhas”

Diácono Carlos Manuel Borges



VIDA PAROQUIAL

1.    Semana Mundial de Oração pelas Vocações

Este Domingo, dia 11 de Maio, a partir das 16:00 horas, decorrerá, na Igreja Paroquial, uma Tarde de Oração.

Haverá um autocarro para transportar os Paroquianos que quiserem participar nesta Celebração. O horário de partida do autocarro é o seguinte:

Leceia – 15:00 horas   ;   Tercena – 15:10 horas      

Queluz de Baixo – 15:20 horas   ;   Valejas – 15:30 horas

2.    Alteração aos Horários da Catequese nos dias 17 e 18 de Maio

No próximo Sábado, dia 17 de Maio, não haverá Catequese em nenhuma das Comunidades da Paróquia.

Todos os Grupos terão Catequese, no dia 18 de Maio, às 10:00 horas, no Centro Jovem – Queluz de Baixo.

Todos os Pais com Crianças na Catequese estão também convidados a participar num encontro que preparamos para eles.

3.    Alteração aos Horários das Missas nos dias 17 e 18 de Maio

No próximo Domingo, dia 18 de Maio, serão canceladas as Missas das 10:30 horas, em Tercena e das 12:00 horas em Barcarena. Todos os Paroquianos são convidados a participar na Missa Solene em honra de Nossa Senhora de Fátima, às 11:30 horas, no Centro Jovem – Queluz de Baixo.

Para os Paroquianos que não puderem participar na Missa Dominical, em Queluz de Baixo, haverá, no Sábado, dia 17 de Maio, as seguintes Missas Vespertinas:

Barcarena – 18:00 horas Tercena – 19:00 horas Queluz de Baixo – 20:00 horas

4.    Festa de Nossa Senhora de Fátima – Comunidade de Queluz de Baixo

Dia 12 de Maio – 21:00 horas, Terço, na Igreja de Queluz de Baixo.

Dia 13 de Maio – 21:00 horas, Eucaristia, na Igreja de Queluz de Baixo.

Dia 17 de Maio – 20:00 horas, a Eucaristia, na Igreja de Queluz de Baixo, seguida de Procissão de Velas.

Dia 18 de Maio – 11:00 horas, Saída da Procissão da Igreja de Nossa Senhora de Fátima. 11:30 horas, Missa Solene em honra de Nossa Senhora de Fátima, no Centro Jovem de Queluz de Baixo.

Dias 16 e 17 de Maio haverá arraial, no Centro Jovem.

5.    Feira Social – Centro Social e Paroquial de Barcarena

Entre os dias 15 e 17 de Maio, no Centro Jovem de Queluz de Baixo, decorrerá a Feira Social, organizada pelo Centro Social e Paroquial.

6.    Mês de Maria – Recitação do Terço

Barcarena – 3ª e 5ª Feira, às 18:30 horas; Leceia – 2ª a 6ª Feira, às 17:30 Horas; Tercena – Centro de Dia (2ª a 6ª Feira), às 15:00 horas; Igreja – Todos os dias, às 21:00 horas, excepto Sábado, que será às 18:30 horas; Queluz de Baixo - Todos os dias, às 21:00 horas, excepto Sábado, que será às 18:30 horas.  



©2019 Paróquia de São Pedro de Barcarena