Nº54 - 09-03-2014

Anteriores

Nº54 - 09-03-2014

NA BARCA DA FÉ

 

A TENTAÇÃO DE UMA FELICIDADE ILUSÓRIA

Na linguagem corrente, ser-se tentado significa ser-se atraído por aquilo que é proibido. Por este motivo causa surpresa o facto de as grandes personagens da Bíblia (os Patriarcas, Job,…) terem sido tentados. Experimentamos ainda, nesta perspectiva, um certo embaraço perante as tentações de Jesus. Causam perplexidade as afirmações do autor da Carta aos Hebreus que, falando de Cristo, declara: “É precisamente porque Ele mesmo sofreu e foi posto à prova, que pode socorrer os que são postos à prova” (Heb 2,18). “Não temos um Sumo Sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, pois Ele foi provado em tudo como nós, excepto no pecado” (Heb 4, 15).

A Bíblia convida a considerar a tentação numa perspectiva original: como um momento de verificação da solidez das escolhas pessoais, isto é, como uma ocasião de crescimento. É inerente à tentação o risco de cometer erros, mas estes são inevitáveis quando queremos amadurecer e crescer. Os “especialistas” ou “peritos” são aqueles que continuamente são submetidos a “provas”, a “exames”.

Para o crente, a escolha a fazer é entre acolher ou recusar o Projecto do Pai!

Dois homens se confrontam: um, Adão, decide seguir os seus próprios juízos enganadores; o outro, Cristo, referencia continuamente a sua vida à Palavra de Deus. O primeiro estende a mão a um futuro de morte, o segundo torna-se o autor da vida.

O vosso Pároco,

Padre Mário Faria Silva



VIVER A PALAVRA - I DOMINGO DA QUARESMA

L 1 Gen 2, 7-9 – 3, 1-7; Sal 50 (51), 3-4. 5-6a. 12-13. 14 e 17
L 2 Rom 5, 12-19 ou Rom 5, 12. 17-19
Ev  Mt 4, 1-11

Filhos birrentos

A leitura do Antigo Testamento deste Domingo faz-me pensar nos meus filhos. Muitas vezes quando os vejo a fazer uma birra, penso como Deus se sentirá, quando eu também faço uma “birra” frente às dificuldades da vida. A forma mitológica com que o livro dos Génesis descreve como o pecado entrou na humanidade é um retrato, muito fidedigno, de como o pecado entra na minha vida concreta. Também eu entro em diálogo com a serpente para reposicionar a fronteira das minhas acções que estão claramente definidas na minha consciência “«É verdade que Deus vos disse: ‘Não podeis comer fruto de nenhuma árvore do jardim?’»” (Gn 3,1). De cada vez que a fronteira se mexe “A mulher verificou então que o fruto da árvore era bom para comer e agradável à vista, uma árvore preciosa para obter conhecimento.” (Gn 3,6) é sempre na direcção contrária ao local onde se encontra Deus. De tanto se mexer acabo sempre no deserto. No entanto, é nestas ocasiões que Deus vem com mais amor ao meu encontro.

O relato do Evangelho ensina-me como lutar contra as tentações normais da vida “Naquele tempo, Jesus foi conduzido pelo Espírito Santo ao deserto, a fim de ser tentado pelo Demónio.” (Mt 4,1). Deus, preciso de um aumento de salário hoje e não amanhã “«Está escrito: ‘Nem só de pão vive o homem mas de toda a palavra que sai da boca de Deus’.»” (Mt 4,4). Deus, ando com falta de fé, envia-me um sinal, que me mostre de forma clara, que tu existes e me amas “«Também está escrito: ‘Não tentarás o Senhor teu Deus’.»” (Mt 4,7). Senhor, eu não quero ser rico e poderoso só quero é ter uma posição na sociedade que minimize as humilhações “«Retira-te, Satanás, pois está escrito: ‘Ao Senhor, teu Deus, é que hás-de adorar, só a Ele prestarás culto’.»” (Mt 4,10). 

Paulo Chambel Leitão



“O cristão incoerente dá escândalo e o escândalo mata”

Na homilia da missa celebrada no passado dia 27 de Fevereiro, na Capela de Santa Marta, o Papa Francisco, falando sobre a coerência cristã, afirmou: “Ser cristão significa dar testemunho de Jesus Cristo. O cristão é a pessoa, o homem e a mulher, que dá testemunho de Jesus Cristo”.

Durante a Quaresma, um tempo em que somos convidados a preparar o coração para a Páscoa, o caminho a seguir só pode ser aquele que apontou o Santo Padre, o caminho da coerência: “Em todas as coisas da vida, é preciso pensar como cristão, sentir como cristão e agir como cristão.

O Papa adverte ainda: “Se faltar uma destas características, o cristão não existe”. … “Se não vives como cristão, se não te comportas como cristão, se não pensas e não sentes como cristão, alguma coisa não funciona. Há uma certa incoerência!”.

“Um cristão incoerente dá escândalo e o escândalo mata”.

Nesta Quaresma, como o Santo Padre nos sugeriu, peçamos ao Senhor a graça de ser coerentes e, quando cairmos, devido às nossas fraquezas, saibamos pedir perdão.

Todos “temos a capacidade de pedir perdão e Deus nunca se cansa de perdoar”.

Senhor, que eu seja coerente! Senhor, que eu não escandalize nunca, que eu pense como cristão, sinta como cristão, aja como cristão”.

Durante esta semana continuamos a nossa Caminhada Quaresmal: Em direcção à Páscoa … E o tema é: O óleo da Força …

A resposta de cada um de nós será … Procura dar um nome à tua maior tentação e pede o dom da força.

Propomos uma Oração para rezar, em família, todos os dias desta semana.

Senhor Jesus, dá-me a Tua força. Não a força dos músculos ou de um corpo forte, mas a força interior que me faz continuar a caminhar, a força do Espírito Santo!

Com esta força, Jesus, tu enfrentaste e venceste as tentações.

Também eu quero ser vencedor e contigo isso é possível.

Obrigado Senhor pelo Óleo da força com que fui ungido no dia do meu Baptismo, faz com que eu saiba aproveitar este dom que me fizeste para me ajudar a permanecer contigo e a seguir a Tua estrada.

Diácono Carlos Manuel Borges



VIDA PAROQUIAL

1.    Encontro de Formação para Acólitos

Recordamos que este Domingo, dia 9 de Março, às 16:00 horas, terá lugar, na Igreja Paroquial, um Encontro de Formação para Acólitos.

 

2.    Reunião do Plenário do Conselho Pastoral Paroquial

Recordamos ainda que este Domingo, dia 9 de Março, pelas 21:30 horas, terá lugar, na Igreja Paroquial, a Reunião do Plenário do Conselho Pastoral.

 

3.    Exposição do Santíssimo em Tercena

Na próxima Quinta-Feira, dia 13 de Março, entre as 16:00 e as 17:30 horas, haverá Exposição do Santíssimo na Igreja de Santo António, Tercena.

 

4.    Via Sacra em Tercena

Todas as Sextas-Feiras da Quaresma, às 15:00 horas, haverá a Celebração da Via Sacra na Igreja de Tercena.

 

5.    Via Sacra Vicarial

No próximo Domingo, dia 16 de Março, II Domingo da Quaresma, pelas 16:00 horas, celebraremos a Via Sacra Vicarial, com a presença de todas as Paróquias da nossa Vigararia.

O ponto de encontro será na Igreja de Nossa Senhora do Amparo (Igreja Matriz de Carnaxide).

A nossa Paróquia tem a responsabilidade do transporte da Cruz e das lanternas na 11ª Estação (3 Acólitos) e as leituras da 5ª Estação (2 Leitores).

Apelamos à presença de todos os Paroquianos nesta celebração.

 

6.   Aniversário da Eleição do Papa Francisco

Na próxima Quinta-Feira, dia 13 de Março, ocorre o 1º Aniversário da Eleição do Papa Francisco.

Nesse dia, de uma forma muito especial, vamos estar unidos ao Santo Padre e pedir a Deus que lhe continue a dar forças para governar a Sua Igreja.

 

7.    Sacramentos da Iniciação Cristã - Crianças que frequentam o 3º Catecismo e Adultos

As Crianças da Catequese que frequentam o 3º Catecismo e ainda não são baptizadas e os Adultos vão receber os Sacramentos da Iniciação Cristã na Vigília Pascal (dia 19 de Abril).

A preparação para estes Sacramentos realiza-se por “degraus” ou ”passos”.

O 1º “degrau” está marcado para o dia 23 de Março, na Igreja Paroquial de Barcarena, durante a Missa das 12:00 horas.

O 2º “degrau” está marcado para o dia 6 de Abril, na Igreja Paroquial de Barcarena, durante a Missa das 12:00 horas.  


©2019 Paróquia de São Pedro de Barcarena