Recentes

Catequese

Festa do Acolhimento - 2015

Compromisso dos catequistas, pais, crianças e adolescentes da catequese

Festa do Acolhimento

Igreja de Nossa Senhora de Fátima, Queluz de Baixo, 24 de Outubro

Cortejo de entrada: (entrada pelo fundo da Igreja)

- Cruz
- Cartaz
- Crianças do 1º ano da catequese
- Acólitos
- Sr. Padre

Ao chegar ao altar, após a saudação inicial, uma criança, lê um pequeno texto.

Criança: Caros meninos e meninas, adolescentes e jovens, catequistas, pais e comunidade em geral, estamos aqui reunidos para celebrar o início de mais um ano catequético com o Compromisso dos Catequistas, catequizandos e a festa do acolhimento. E nada melhor do que a Eucaristia, o momento da festa de toda a comunidade, onde Jesus se faz presente no meio de nós para nos falar e saciar a nossa fome e a nossa sede, para renovarmos o nosso empenho em viver como discípulos de Jesus e, com o nosso testemunho, conduzirmos os nossos irmãos até Jesus! Com alegria, procuremos “encontrar” Jesus nesta Eucaristia de modo a permanecermos sempre com Ele!

-1ª Leitura
- Salmo
- Evangelho

Após a homilia, os catequistas fazem o seu compromisso: (cada catequista tem uma folha com a oração que irá ler)

Compromisso dos Catequistas:

Padre: “Estimados catequistas que fostes chamados pela Igreja para o exercício de tão nobre missão: anunciar às gerações que o Filho de Deus, Jesus Cristo Nosso Senhor, está vivo e vive para sempre nos nossos corações, fazei, pois, o vosso compromisso diante de Deus e desta assembleia cristã”.

“Senhor Jesus, com alegria e entusiasmo, queremos, ao longo deste ano, ajudar as crianças, os adolescentes e os jovens que nos foram confiados, para que se tornem, connosco, teus verdadeiros discípulos. Tu que, sendo Senhor e Mestre, viveste em permanente atitude de serviço, ajuda-nos a viver com total disponibilidade e entrega, cumprindo com humildade a tarefa que Tu nos confias. Queremos viver intimamente unidos a Ti, comprometendo-nos a partilhar essa experiência com aqueles que agora nos são confiados. Dá-nos, Senhor a tua luz e a tua graça para desempenharmos bem a nossa missão”.

Após o compromisso dos catequistas, o Padre, chama todos os aqueles que estão na catequese a fazer o seu compromisso. Todos ficam sentados no lugar onde estão, apenas uma criança/adolescente, se desloca ao ambão para acompanhar no microfone a seguinte oração:

Crianças/Adolescentes da catequese lêem em conjunto a seguinte oração: (cada criança/adolescente tem uma folha com a oração)

Oração

 

“Eu, chamado por Deus à vida

e a encontrar em Jesus a Vida nova,

quero seguir Jesus, fielmente e até ao fim,

como seu amigo e discípulo,

e por isso, venho hoje,

diante do Senhor e de todos os presentes,

comprometer-me a ser fiel

à participação na Eucaristia e na Catequese,

a fim de ser e crescer como verdadeiro  filho de Deus”.

 

Padre: Rezai agora a oração dos catequizandos

 

Oração dos Catequizandos:

 

“Senhor, estou na catequese para vos conhecer e amar. Quero aprender a vos obedecer fazendo em tudo a vossa vontade. O meu coração está aberto para acolher a vossa Palavra.

Obrigado Senhor pela minha família, pela minha comunidade, pela minha turma da catequese, pelo meu catequista. Todos me conduzem a vós.

Ensina-me, Senhor, a ouvir com atenção tudo o que aprendo na catequese. Ajudai-me a praticar o que é ensinado, e a transformar o que aprendo em amor, a vós e aos outros. Ámen”

Após o compromisso dos catequistas e das crianças da catequese, um pai ou mãe dirige-se ao ambão e lê o seguinte texto:

Pais: Neste dia tão importantes na vida cristã dos nossos filhos, os pais, não podiam ficar indiferentes a este momento tão belo e significante para a catequese mas também para toda a comunidade Paroquial. Como tal, também nós, pais, fazemos aqui o compromisso de acompanhar os nossos filhos para a catequese semanal, durante a celebração da Eucaristia e na frequência do sacramento da reconciliação. Queremos que eles cresçam em todas as dimensões e, por isso, sejam, um dia, adultos da Fé. Manifestem, no modo de viver, convicções fortes e afirmem, sem vergonha, serem discípulos de Cristo.

Padre: “Ouvi, Senhor, o compromisso que hoje os pais aqui fazem e dai-lhes a coragem de nunca se envergonharem do Baptismo que eles mesmos receberam e, também, pediram para os seus filhos. Sejam coerentes com o que prometeram e vivam, no dia-a-dia, o que hoje, aqui, celebram”.

Oração Universal

1. Pelos pais e educadores das crianças que, este ano, vão frequentar a catequese, para que sejam, de facto, nos seus lares, os primeiros catequistas, quer pela palavra, quer, sobretudo, pelo exemplo de vida cristã. Oremos ao Senhor. (um pai ou mãe lê)

2. Por todos nós, que vamos frequentar a catequese, para que saibamos abrir os nossos corações e inteligência à mensagem de amor, fé e esperança que Jesus, através dos catequistas, nos quer transmitir. Oremos ao Senhor. (uma criança/adolescente lê)

3. Pelos catequistas, para que sejam a voz fiel e comprometida de Jesus, transmitindo com alegria, serenidade e convicção as verdades por Ele reveladas, e que vale a pena seguir a Cristo como único modelo. Oremos ao Senhor. (um catequista lê)

 4. Pelo Papa Francisco e por todos os que, na Igreja, o auxiliam no seu ministério, para que Deus lhes dê saúde e ânimo, os ilumine e ajude no desempenho da sua tão nobre missão de O dar a conhecer aos demais. Oremos ao Senhor. (um pai ou mãe lê)

5. Por todos nós reunidos em comunidade neste dia festivo, para que saibamos agradecer a Deus tudo quanto possuímos e temos, começando pela nossa família. Oremos ao Senhor. (uma criança/adolescente lê)

6. Pelo Padre Mário, pastor que Deus escolheu para a Paróquia de Barcarena para que o Senhor lhe renove continuamente a energia, a jovialidade e a coragem para prosseguir a obra que entre nós iniciou. Oremos ao Senhor. (um catequista lê)

7. Por todos os nossos familiares e amigos que já não estão entre nós por ter terminado a sua passagem por este mundo, e por todos os que pertenceram a esta Paróquia, para que Deus os acolha pela sua bondade e misericórdia infinitas. Oremos ao Senhor. (um pai ou mãe lê)

Acção de Graças:

O Padre chama as crianças do 1º ano para a frente do altar. (O Padre chama as crianças do 1º ano, apresenta as crianças à comunidade e entrega as pagelas da festa do acolhimento). Após esta apresentação, as crianças voltam para o seu lugar.


©2017 Paróquia de São Pedro de Barcarena