Recentes

XIII DOMINGO DO TEMPO COMUM

QUEM VOS ACOLHE, ACOLHE-ME A MIM

2Reis 4, 8-11.14-16; Rom 6, 3-4.8-11; Mateus 10, 37-42

Deus recompensa o bom acolhimento e a caridade dispensada ao próximo. Esta atenção já é uma forma de levar a cruz e seguir Jesus, que devebestar acima de tudo e de todos.

Na 1ª Leitura, uma mulher sunamita acolhe Eliseu (Deus ajuda), por este ser profeta e, por isso, um homem de Deus. A sua hospitalidade é recompensada com um filho.

Na 2ª Leitura S. Paulo apresenta-nos um lindo texto baptismal, que por isso é proclamado na noite pascal. S. Paulo do rito baptismal (imersão e emersão) tira as consequências: se morremos com Cristo para o pecado, vivamos uma vida nova. Baptizados “em” Cristo somos assim um com Cristo, identificados com a Sua morte e ressurreição.

O Evangelho traz-nos a conclusão do “discurso da missão”.O judeu convertido ao cristianismo era excluído da família, mas devia estar disposto a correr esse risco por Cristo, que está acima da família. Por outro lado, tem a recompensa, e quem o acolhe é ao próprio Cristo que acolhe.

Padre Mário Faria Silva


©2017 Paróquia de São Pedro de Barcarena